fbpx

Por Everton Edvaldo

Leitura Bíblica: (Marcos 7.31-37)

Introdução: Estamos diante de uma passagem curta e pequena, porém que é rica em lições para a vida de qualquer cristão. Nela, o Evangelista Marcos registra um milagre que não foi descrito em nenhum dos outros Evangelhos, ou seja, só Marcos registrou esse milagre. A passagem tem como epígrafe: “Cura de um surdo e gago de Decápolis” (ARC).  Em resumo, Marcos registra que trouxeram a Jesus, um homem surdo e gago e lhe suplicaram que pusessem as mãos sobre ele. Então, Jesus o retirou da multidão, tocou na língua e no ouvido desse homem, liberou uma palavra e o curou. Com base nessa passagem, iremos extrair quatro atitudes de Jesus para mudar a vida de um homem.

I- MUDOU O HOMEM DE LOCAL: (VV. 31-33 a)

  1. Segundo o Evangelista, Jesus saiu do território de Tiro e Sidom e foi até o mar da Galiléia pelos territórios de Decápolis. Então lhe trouxeram um homem que era surdo e gago (ARA), “um surdo que falava dificilmente” (ARC), e lhe rogaram que pusessem as mãos sobre ele.
  2. Marcos não nos informa o nome desse homem, entretanto, nos diz de onde ele era: Decápolis. Decápolis era um conjunto de dez cidades gregas, gentílicas, fora do controle judaico, a leste do Jordão, governadas por Roma.
  3. Não diz sua idade, nem tampouco, fala nada a respeito de sua família. As únicas coisas que foram registradas sobre esse homem foram o local onde estava, e o seu problema (surdo e gago).
  4. O interessante é que, Jesus ao chegar ali, o tirou da multidão. Essa foi a primeira atitude de Jesus. Isso demonstra um ato de separação. Alguém trouxe aquele homem a Jesus, agora, Jesus tira ele da multidão. Era algo particular, exclusivo e pessoal. Ainda hoje, é necessário que o Senhor nos conduza a um lugar “à parte da multidão”.
  5. Imagine agora, a multidão aglomerando, fazendo barulho, sufocando a Jesus, de repente, o Mestre toma uma decisão: levar aquele homem para outro lugar. É assim que muitas vezes ocorre em nossas vidas. Para alcançarmos alguma benção da parte de Deus,  às vezes, é necessário ele nos mudar de lugar, foi dessa forma que ele fez com Abraão, Moisés e tantos outros.

II- TOCOU NO PROBLEMA: (V. 33 b)

  1. Em seguida pôs os dedos no ouvido do homem. Aqueles que trouxeram o surdo e gago pediram para Jesus pôr as mãos sobre ele, porém a Bíblia registra que só bastou o mestre tocá-lo com os dedos. Com isso, aprendemos que o toque de Jesus é suficiente para resolver qualquer problema. Jesus primeiro tocou na audição para depois tratar da fala.
  2. Na vida cristã também precisamos do seu toque. Sem a participação de Jesus nada podemos fazer. Vivemos em uma época, em que há pessoas incrédulas em relação ao toque de Jesus, porém o Senhor nos diz pela sua palavra: “Eu vou te tocar”.
  3. “E cuspindo-lhe, tocou-lhe a língua” (ARC), ou melhor, tocou a língua com saliva. De acordo alguns estudiosos, na época de Jesus, era comum a crença de que a saliva detinha poder curativo sobre moléstias oculares, em especial a cegueira, mas não sobre a mudez. Porém, Jesus quebra toda e qualquer lógica humana para abençoar a quem ele quer. A saliva simboliza o remédio certo. Alguém até poderia ir questionar a Jesus, dizendo: “Jesus, porque estás cuspindo nele? Então Jesus responderia: “Eu sei o que estou fazendo!”
  4. O toque de Jesus é diretamente no problema, aquele que é tocado pelo Senhor, recebe dele uma benção especial. Sendo assim, clame a quem tem poder para resolver teus problemas.

III- DEU UMA PALAVRA: (V.34)

  1. O terceiro ato de Jesus se caracterizou quando ele levantou os olhos para o céu, suspirou e disse: “Efatá, isto é, abre-te.”
  2. Naquele momento, Jesus deu uma palavra aquele homem. Só bastou uma palavra para o milagre acontecer. Aprendemos que é pela palavra de Jesus que a gente sobrevive, é através dela que a nossa alma se alegra, o coração sossega e a fé se renova. É nela que o homem cansado encontra abrigo, paz, segurança e confiança.
  3. O propósito de Jesus ao curar primeiramente a audição, foi para que o homem ouvisse sua voz! Ouça a voz do mestre pelo poder da sua palavra!

IV- REALIZOU O MILAGRE: (VV.35-37)

  1. A quarta atitude de Jesus foi simultânea à palavra do mestre. Diz o versículo 35 que: “Abriram-se-lhe os ouvidos, e logo se lhe soltou o empecilho da língua, e falava desembaraçadamente.”
  2. O milagre aconteceu, o problema teve que obedecer à voz do mestre e foi resolvido. O empecilho que travava a língua daquele homem foi removido e logo passou a falar. Marcos usa a palavra grega Euthēosque significa: “imediatamente”, “logo”, “em seguida”, “sem demora”. O milagre logo aconteceu!
  3. Aquele homem que não ouvia, nem tampouco falava com precisão, agora testemunhava e divulgava o milagre que havia ocorrido em sua vida. Jesus lhedevolveu a audição e a comunicação. As pessoas se maravilharam ao ponto de dizerem que: “Tudo ele tem feito esplendidamente bem; não somente faz ouvir os surdos, como falar os mudos”.
  4. Jesus ainda continua realizando milagres e maravilhas! Ele vai te devolver a dignidade, vai te dar voz e direção. E muitos irão se admirar com o que Jesus irá fazer. Tão somente creia!

Conclusão: Assim como Jesus mudou a vida daquele homem, ele também tem mudado a nossa vida. Se você está precisando de um encontro com ele, não se inquiete nem se desespere. Se precisas de um toque, ele está também irá te tocar; se precisas de uma palavra, o SENHOR te dará uma palavra. O nosso Deus é especialista em surpreender as expectativas humanas. Para isso, ele nem precisa fazer tanta coisa, só basta uma palavra! Nem a velocidade da luz pode ultrapassar a rapidez com que o nosso Deus age. Deus abençoe a todos!